A mistura de sementes é suficiente para alimentar o meu papagaio/canário?

18 Fevereiro 2021

Durante as consultas de rotina concluo que grande parte dos tutores de aves (papagaios e passeriformes) acredita que uma dieta exclusiva em mistura de sementes é uma dieta completa e suficiente para os seus animais de estimação. Infelizmente, esta crença bastante enraizada não poderia estar mais longe da verdade!

Grande parte dos psitaciformes (ordem das Aves referente aos papagaios) e dos passeriformes (ordem das Aves referente aos pássaros como por exemplo os canários) são animais Frutívoros e/ou Granívoros no seu estado selvagem. Assim, grande parte destas espécies apresenta na sua alimentação diária vários tipos de sementes, frutas, legumes e inclusivamente, em época mais exigentes a níveis nutricionais (época reprodutiva) ou em épocas com uma menor disponibilidade alimentar, incluem também a proteína animal através do consumo de larvas e insetos.

Assim sendo, é completamente errado e impróprio para a saúde das aves (pertencentes a estas duas ordens) oferecer exclusivamente uma mistura de sementes ad eternum, independentemente de apresentarem uma qualidade garantida e/ou uma grande diversidade de sementes.
Está comprovado cientificamente que uma dieta exclusiva de sementes para além de ser uma alimento excessivamente calórico (gordura), aumentando consideravelmente a predisposição da ave à obesidade e às doenças concomitantes, apresenta uma deficiência clara em vitaminas (A,D,K e B12), minerais (Cálcio, Sódio, Manganês, Zinco e Ferro) e aminoácidos, todos eles fundamentais para vários processos fisiológicos destes animais.

O meu Canário/Papagaio só come sementes….o que devo fazer?

Numa primeira abordagem, recomendo vivamente a realização de uma consulta presencial com um médico veterinário especializado em aves, de forma não só a avaliar a condição corporal da sua ave mas também para confirmar que se encontra em pleno estado de saúde, não apresentando quaisquer sinais de deficiência nutricional (hipovitaminose/hipocalcémia).

Após confirmada o estado hígido do animal podemos e devemos optar por uma das seguintes possibilidades:

  1. Caso o seu animal seja uma ave da ordem dos passeriformes (Canário, Bengalim, Diamante Gold, Mandarim…) pode manter a mistura de sementes como dieta base, no entanto, é obrigatório adicionar diariamente vários tipo de legume/fruta (Cenoura, Brócolos, Espinafres, Pimentos, Abóbora, Maça, Kiwi, Banana) com uma fonte de minerais (grit e ossos de choco) e proteína (ovo cozido ocasionalmente).
  2. Caso o seu animal seja uma ave da ordem dos psitaciformes (Agapornis, Periquito Australiano, Caturra e Papagaios…) deve alterar de forma gradual a mistura de sementes para um granulado própria para a espécie em questão. Atualmente já existem diversas marcas de granulado no mercado especificas para as várias espécies de papagaios e inclusivamente para necessidades nutricionais sazonais (Manutenção vs Reprodução).

Conheça a nossa vasta gama de alimentação para aves.

Como forma complementar ao granulado (deverá constituir cerca de 70% da dieta) deveremos oferecer frutas variadas (15%) e legumes (15%) , assim como ocasionalmente alguns “prémios/treat’s” (amendoim, sementes de girassol) como estimulante de uma conduta de bons comportamentos e como uma forma de enriquecimento ambiental.

Nunca esquecer:

  • Existindo cerca de 10 000 espécies de aves, devemos logicamente adaptar a alimentação recomendada à espécie de ave em questão, privilegiando mimetizar ao máximo a dieta natural da mesma.
  • Antes de qualquer alteração da alimentação da sua ave contacte um médico veterinário especializado em aves.
  • Não realizar mudanças bruscas nem excessivas na dieta do seu animal. Todas as alterações de dieta devem ser feitas de forma gradual!
  • Lavar cuidadosamente todos os vegetais e frutas oferecidos!
  • Nunca oferecer abacate às aves pertencentes à Ordem dos papagaios pois é um alimento tóxico para estes animais.

Em caso de dúvida ou para compreender melhor qual a alimentação mais adequada para a sua companhia com penas, pode entrar em contacto com os nossos Centros Veterinários da Ornimundo.

Dr. Artur Nascimento

Médico Veterinário Ornimundo