Gato Siamês – a Realeza dos Gatos em 7 Curiosidades

1 Julho 2019

Mas estes são também animais obstinados, mimados e até um pouco mal comportados...
Tem por companhia um gatinho siamês ou sempre se sentiu fascinado por uma das raças de gatos mais antiga do mundo? Vamos descobrir um pouco mais sobre estes felinos!

  1. Esta é uma das raças de gatos mais antiga do mundo - são originários da Tailândia, mais propriamente do antigo “Sião” e há registos da raça, pelo menos, desde o século XIV mas só chegaram à Europa e à América no final do século XIX; Tradicionalmente eram considerados animais sagrados e a sua postura distinta e sempre elegante fez com que fossem reservados aos reis, sendo que o furto de um destes felinos era punido com a pena capital;
  1. Têm uma personalidade muito peculiar - são extremamente curiosos e muito ativos mas também incrivelmente inteligentes e exigentes; Aprendem truques com facilidade e têm igual facilidade em treinar os seus humanos para conseguirem o que querem; Além disto, são bastante caseiros e a sombra dos seus companheiros humanos, procurando envolver-se em todas as atividades domésticas, procurando ativamente o contacto físico com o dono; Como tal, são excelentes companheiros para famílias e adaptam-se bem às crianças e a outros animais desde que este contacto exista desde cedo... Os siameses pura e simplesmente adoram pessoas!
  1. Nenhuma raça de gato é tão conversadora – os siameses gostam especialmente de conversar: expressam as suas vontades e necessidades com um vasto conjunto de miados distintos e aprendem desde cedo a responder quando comunicam com os humanos;
  1. Têm uma pelagem que é uma obra de engenharia genética - “colorpoint” - uma mutação genética faz com que o padrão de pelagem destes felinos seja sensível à temperatura; Extremidades como as orelhas, face, membros ou cauda, que são normalmente as regiões mais frias do corpo, produzem quantidades normais de pigmento (melanina), resultando em zonas escurecidas de forma mais ou menos intensa; o resto da pele e a retina produzem muito pouco pigmento (há uma enzima que inibe esta produção). Por este motivo, os gatos siameses nascem praticamente brancos, já que a temperatura uterina é uniforme por todo o corpo e vão escurecendo durante o seu crescimento;
  1. Muitos são estrábicos e têm a cauda retorcida - também determinado geneticamente é o facto de muitos gatos siameses serem estrábicos e apresentarem alterações da estrutura da cauda (“nós”); Tradicionalmente dizia-se que um siamês só era um verdadeiro siamês se apresentasse estas características, mas atualmente são consideradas defeitos e os criadores têm trabalhado para as eliminar da raça;
  1. Têm uma saúde frágil mas geralmente uma vida longa e prolífica – os siameses são conhecidos pela sua grande longevidade podendo facilmente ultrapassar os 15 anos de idade (“Scooter”, um siamês dos EUA viveu mais de 30 anos e foi, por um curto período de tempo, detentor do recorde de gato mais velho do mundo); No entanto, têm propensão para algumas doenças, nomeadamente patologia cardíaca e asma felina, problemas do sistema urinário, problemas com bolas de pêlo, maior sensibilidade gastrointestinal, neoplasias mamárias (sobretudo em fêmeas não esterilizadas), problemas comportamentais, patologias do ouvido interno e oculares, e ainda problemas de peso (magreza excessiva ou obesidade); Adicionalmente, sua visão é reduzida durante a noite, motivo pelo qual, quando têm acesso ao exterior, devem recolher a casa à noite; Curiosamente, as gatas siamesas são mais precoces e prolíficas que as de outras raças, tendo cios mais cedo e produzindo ninhadas geralmente maiores (o recorde de maior ninhada do mundo, com 19 gatinhos, pertence a uma siamesa do Reino Unido);
  1. Muitos siameses tornaram-se famosos, quer por si, quer pelos seus companheiros humanos – James Dean, Andy Warhol, Vivian Leigh, Jean Cocteau, Elizabeth Taylor, Marilyn Monroe, Fred Astaire, John Lennon, Rod Stewart, Ricky Gervais e Taylor Swift têm ou tiveream gatos desta raça; Há também registo de pelo menos dois siameses a viver na Casa Branca, quer durante a presidência de Jimmy Carter, quer durante o mandato de Gerald Ford; No cinema há ainda vários siameses que se tornaram personagens marcantes, incluindo Nermal no filme Garfield e Shun Gon na produção da Disney “Os Aristogatos”.