Conheça as vantagens de colocar microchip no seu cão ou gato

24 Maio 2017
O microchip funciona como um bilhete de identidade de um indivíduo e pode ser lido através de um scanner.
O microchip é introduzido sob a pele do animal através de uma injecção, na face lateral esquerda do pescoço. Após a sua aplicação deve confirmar-se com o leitor se este se encontra na posição correcta.
Através do microchip é possível verificar o número e a identificação do propritário do animal (nome, contacto, morada). Estes dados são enviados e geridos por um organismo denominado por SIRA.

O microchip é obrigatório?

O microchip é obrigatório para:

  • Todos os animais nascidos a partir de 1 de Julho de 2008;
  • Animais perigosos ou potencialmente perigosos (Portaria 421/2004 de 24 de Abril);
  • Animais usados na caça;
  • Animais para fins comerciais ou lucrativos;
  • Animais em estabelecimentos de venda, locais de criação, feiras, concursos, exposições, provas funcionais, publicidade ou similares;
  • Animais que vão viajar no espaço da U.E. e outros (consoante legislação local).

 

Quais as vantagens do microchip?

A identificação electrónica de animais de companhia assume um papel extremamente importante no controlo de questões sanitárias, jurídicas e humanitárias:

  • Permite a recuperação mais rápida do animal em caso de perda;
  • É um comprovativo de propriedade em caso de roubo;
  • Controla a utilização e comércio dos pequenos animais;
  • Diminui com especial importância o grave problema que é o abandono dos animais.

 

Centro Veterinário Ornimundo Norteshopping

Contacto: 932119508