Alergia ao Pólen nos Cães

25 Março 2022

As alergias ao Pólen são frequentes nos cães, especialmente durante a primavera e o outono.

As alergias podem surgir em qualquer idade, provocando problemas de pele (dermatites alérgicas), problemas respiratórios e problemas oculares.

Como o Pólen está no ar, não é obrigatório passear numa zona verde, para que o animal comece a demonstrar sintomas. No entanto, os sinais são mais exuberantes quando este entra em contacto direto com plantas e ervas. Algumas árvores como cedros e pinheiros causam reações mais severas.

É importante realçar que animais com tendência a alergias ao Pólen, são também predispostos a alergias alimentares e alergia à picada de pulgas.

Quais são os principais sintomas de reações alérgicas ao Pólen?

Existem diferentes sintomas que indicam uma possível alergia ao pólen, sendo alguns deles os seguintes:

  • Pele vermelha, principalmente na barriga, axilas e virilhas;
  • Coçar, lamber e mordiscar insistentemente a pele;
  • Perda de pelo;
  • Corrimento ocular;
  • Espirros;
  • Dificuldade respiratória.

Ao observar os primeiros sintomas no seu cão, visite o seu médico veterinário, de forma a controlar de imediato os mesmos e evitar que o quadro clínico piore.

O tratamento destas reações alérgicas depende do grau de gravidade das mesmas e, por isso, existem várias formas de as controlar, como:

  • Banhos com champô hipoalergénicos;
  • Spray com cortisona;
  • Anti-histamínicos;
  • Corticoesteroides.

O papel do médico veterinário é essencial no processo de tratamento do seu animal de estimação, assim como a sua supervisão dos sintomas e ação imediata caso observe a existência destes.

Em caso de dúvidas, contacte um dos nossos Centros Veterinários Ornimundo.

Drª Salomé Araújo

Médica Veterinária Ornimundo