Sabe tudo sobre o Peixe-palhaço?

6 Julho 2017

Amphiprion é um género de pequenos peixes com intensa coloração corporal. São conhecidos como peixe-palhaço e peixe-das-anémonas.

Esta espécie é nativa de uma vasta região de águas tépidas do Indo-Pacífico, vivem em águas pouco profundas, principalmente nos recifes de coral. Vivem no mar!

O colorido corporal da espécie chama muito a atenção, tornando-a num dos peixes exóticos com maior procura para aquários. A sua cor laranja e as ricas pretas ou azuladas são o que dão o nome ao peixe – peixe-palhaço.

São muito famosos devido à relação ecológica de protocooperação (ou simbiose) que estabelecem com as anémonas-do-mar ou, em alguns casos, com os corais. As anémonas providenciam-lhes abrigo, apesar dos tentáculos urticantes, a que são imunes, devido à camada mucosa que os reveste. Assim, estes protegem-se dos predadores escondendo-se dentro destas. Na base das anémonas colocam, também, os ovos. Em retorno o peixe-palhaço oferece à anémona os restos da sua alimentação.

As populações de Amphprion vivem entre grupos de anémonas-do-mar onde formam pequenas colónias. Em geral, por cada anémona existe uma fêmea maior, um macho menor e outros machos não reprodutivos mais pequenos. Caso a fêmea seja removida, o macho reprodutor muda de sexo, chama-se a este processo protandria, e o maior dos machos não reprodutivos torna-se reprodutivo.

O processo protandria é uma reversão sexual onde acontece uma transformação hormonal. Esta reversão acontece em resposta a uma necessidade reprodutora da colónia ou do local onde se encontra o grupo desta espécie.

Este peixe tornou-se muito famoso despois do filme “À procura do Nemo”.